Ação empreendedora oferece consultoria para empresas afetadas pela pandemia em Campina Grande

Parceria entre Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (SCTI) e empresas juniores da UFCG oferece mentoria gratuita por um mês; interessados precisam se inscrever online.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, empresas de diferentes segmentos ficaram expostas a uma série de riscos estratégicos e operacionais, como atrasos ou interrupção do fornecimento de matéria-prima, mudança na demanda dos clientes, aumento de custos, dentre outros desafios.

Mas como se reinventar e encontrar saídas nesse momento? Com o objetivo de auxiliar empresas de Campina Grande afetadas pela pandemia, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SCTI) em parceria com as empresas juniores ProdAtiva e Prospect, ambas da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), está lançando a consultoria “Ação Empreendedora”

O programa, com duração de um mês, vai oferecer mentoria especializada a 10 (dez) empresas previamente selecionadas. Os interessados devem preencher o formulário disponível neste endereço https://bit.ly/acaoempreendedora até o dia 30 de abril. Os empreendedores que forem selecionados serão contatados para uma reunião virtual. Inicialmente, o público-alvo da ação são empresas do setor de turismo e eventos. 

Conforme o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Campina Grande, Lucas Ribeiro, a iniciativa pretende ajudar os negócios a aproveitar as oportunidades, ao mesmo tempo em que diminuem os prejuízos ocasionados pela pandemia e se prepararem melhor para as potenciais ameaças.

“A maior parte dos estabelecimentos de Campina Grande é formada por micro e pequenas empresas. E para muitos desses empreendedores, a pandemia de Covid-19 trouxe desafios para os negócios e a necessidade de se adaptar. Portanto, nosso objetivo com essa ação é proporcionar um olhar de perto, através de mentoria personalizada, e mostrar soluções, saídas, algo que considero crucial no contexto em que estamos”, ressalta Lucas Ribeiro.

A consultoria será desenvolvida em quatro fases: identificação das vulnerabilidades; elaboração de plano de ação e medidas eficientes; verificação da efetividade; e finalização. Todas as atividades e contatos durante a mentoria serão realizadas exclusivamente por meio digital.